Página inicial ! Clique para fazer uma busca no site!
INÍCIO NOTÍCIAS PROGRAMAÇÃO IMPRENSA CADASTRO
História
 

Até 1991 se realizou na Serra da Mantiqueira, Minas Gerais, um encontro de motos e carros antigos. Ali encontravam alguns motoclubes como, Águias de Aço de BH, Cariocas, Balaios, Águias de Ouro todos do Rio, Ninhos das Águias e Lobos de SP. E também muitos ‘harleyros’ tradicionais como Berg, Cap. Senrra, Mário Manela,  Guto, Dentinho, Décio, Piscinin, Nara, Mister, Amaral, Dadinho, Pateta, Luizão,  Samy, e muitos outros amigos.

Foi neste ano, em 1991, aproveitando o pessoal reunido, Mario Manela sugeriu que os motociclistas ali presentes deveriam manter a tradição de se  reunirem anualmente naquela região, pois o clima de inverno e a região central proporcionava para quem vinha do RJ, SP e BH uma viagem muito agradável.

Foram várias sugestões em termos de local para a reunião de 1992, sendo a preferência por uma cidade pequena, tranqüila, de clima frio e pessoal amigo, a charmosa “Tiradentes”.

Em 1992, ocorreu essa reunião dos amigos, sendo tão prazeroso o acolhimento da cidade e seu clima que ficou definido o encontro anual para o próximo ano em 1993.

Com o apoio do então Prefeito Pinto, o povo de Tiradentes, Luiz Cassano (dono da Churrascaria Inconfidentes) e a divulgação de Mário Manela e Berg, encontraram-se então no último final de semana de Junho de 1993 na cidade de Tiradentes cerca de 200 motociclistas,  amigos e apaixonados pela marca Harley-Davidson. Foi a partir deste ano que começou oficialmente a primeira edição do então hoje chamado de Bikefest Tiradentes, completando este ano, em 2012, a 20ª edição do mais tradicional encontro de motociclistas do país.

Foi uma reunião de amigos, descontraída, alegre e, sobretudo de grande inspiração, porque dali foi firmado o compromisso de se tornar em um encontro de motos Harley-Davidson a partir do próximo ano.

Organizado por Berg em Junho de 1994, Tiradentes já havia recebido mais motociclistas que no primeiro Festival “Harley-Davidson”.  Que por força de patente registrada, posteriormente tornou-se “Festival  de Motos Clássicas de Tiradentes”.

Naquela época a estrutura de hospedagem e alimentação quase não foi suficiente para tanta gente, pois a turma comeu e bebeu tudo que havia na cidade, e foi sem dúvida uma grande festa digna do início, do que representa hoje para o motociclismo e para a região.

Hoje se encontram anualmente cerca de dezenove mil motociclistas e um público flutuante de trinta mil pessoas dia. Alem de dezenas de expositores no ramo de acessórios, vestuários, peças, pneus, empresas de customização, pinturas, tatuagem, revendas de motocicletas e mais uma infinidade de atrações  para motociclistas, com shows musicais, exposição de motocicletas antigas, customizadas, exóticas e principalmente a harmonia entre os participantes que fizeram de um simples encontro entre amigos, o mais clássico e um dos mais importantes encontro motos do Brasil.

 Hoje o evento conta com o Berg como o presidente de honra e seu filho Jordano Berg como diretor, organizador e responsável por manter o festival. Tem o apoio na organização e captação a Production Eventos.

 
Veja abaixo as camisas comemorativas de alguns eventos passados:
 
 
Sobre Tiradentes História Galerias de Fotos Vídeos Parceiros